20 de Abr de 2017

Precisamos investir em uma cultura de Paz!

5 comentários

A cultura de paz é uma iniciativa de longo prazo que leva em conta os contextos histórico, político, econômico, social e cultural de cada ser humano e sociedade. É necessário aprendê- la, desenvolvê-la e colocá-la em prática no dia a dia familiar, regional ou nacional. É um processo que, sem dúvida, tem um começo, mas nunca pode ter um fim. A paz é um processo constante, cotidiano, mas não passivo. A humanidade deve esforçar-se para promovê-la e administrá-la.

Mas como fazer da cultura de paz uma realidade concreta e duradoura?

23 de Abr de 2017

Essa cultura se constrói no cotidiano, nas pequenas atitudes. Nesse sentido, todos os membros da sociedade são educadores, todos os espaços de convivência social são formadores de nossas atitudes. Nelson Mandela dizia que ninguém nasce odiando outra pessoa, que para odiar alguém, isso devia ser ensinado e que se alguém aprende a odiar, pode aprender também a amar.

24 de Abr de 2017Editado: 24 de Abr de 2017

Patricia excelente colocação!!! Como educadores precisamos ensinar nossas crianças e jovens a empatia, o altruísmo e amor.

Educar para convivência para aceitação do outro e resolução de conflitos!

Para Rebello Filho (in VARGAS, 2006) o Esporte é um dos direitos fundamentais do homem, incluído nos direitos sociais, como educação, saúde, lazer, se constituindo como Direito Humano. Entender o esporte como promotor da paz, se faz mister compreender a violência e a paz no processo da vida humana.

 

Como diz Gandhi: “Não existe um Caminho para a PAZ. A PAZ é o Caminho.”

 

 

28 de Abr de 2017

Tema proposto com certeza se faz necessário pela nossa realidade e cotidiano, infelizmente vejo que algumas crianças de 8, 10, 14 anos já foram corrompidas de alguma forma. Em algumas regiões as crianças vivenciam a violência a todo momento, se você (a criança) não se impor de alguma forma, com certeza ela acaba sofrendo, sendo oprimida e/ou sofrendo algum tipo de violência pelas outras crianças e adolescentes.

Com as nossas aulas pude verificar isso, e abordando o tema aos poucos vejo que estamos mudando a visão e conceito dos nossos alunos.

 

Foi perguntado para os alunos: Se alguém xingar a sua mãe, o que você faria? Alguns responderam: "Eu bateria nessa pessoa".

E depois da aula 100% dos alunos compreenderam que a violência gera mais violência, que dessa forma você passa de vítima para agressor e que o correto é o dialogo.

 

Violência gera violência, os fracos julgam e condenam, porém os fortes perdoam e compreendem.

Augusto Cury

28 de Abr de 2017

Educar para paz realmente é um desafio!!!

Construir uma cultura da paz envolve dotar as crianças e os adultos de uma compreensão dos princípios e respeito pela liberdade, justiça, democracia, direitos humanos, tolerância, igualdade e solidariedade. Implica uma rejeição, individual e coletiva, da violência que tem sido parte integrante de qualquer sociedade, em seus mais variados contextos. A cultura da paz pode ser uma resposta a diversos tratados, mas tem de procurar soluções que advenham de dentro da (s) sociedade (s) e não impostas do exterior.

  Patrocínio  

  Apoio  

  Apoio institucional  

  Parceiros públicos  

  Incentivo  

  Rede parceira  

Ligue

(41) 3042 2261 / (41) 3051 6878

Endereço

Rua: Antônio Moreira Lopes, 190 - Cajuru, Curitiba - PR, 82980-100, Brasil

Entre em contato

contato@futebolderua.org